segunda-feira, 19 de junho de 2017

FRAMES-CRÍTICA: “The Belko Experiment” é um experimento psicológico para sua tarde de domingo

Fábio Pereira




Filmes sobre experimentos psicológicos não são novidades no cinema atual. Mudam-se os locais, personagens, modus operandi das mortes e os que realmente valem a pena serem vistos são as produções com um roteiro inteligente e atores que dão conta do recado. Em The Belko Experiment, uma parte desses ingredientes essenciais está presente e mantém o espectador concentrado e fazendo as apostas em quem chegará ao final de tudo vivo e descobrindo do que se trata toda a trama. Mas, vamos falar do enredo. Em Bogotá (Colômbia), empregados de uma firma multinacional chegam para trabalhar num prédio que se destaca na desértica paisagem em que está situado. Tudo corre bem, quando uma misteriosa voz nos alto-falantes anuncia que, para sobreviver, uma parte dos funcionários precisa ser eliminada, com a tarefa sendo repassada a todo o grupo. Com a ineficácia em abandonar o local, histeria, medo e divisões entre todos acontecem e a luta pela sobrevivência se inicia.

Com alguns nomes fortes no elenco, como Tony Goldwyn (o amigo da onça no longínquo “Ghost”) e John C. McGinley (ainda muito lembrado pela sitcom Scrubs) fica aqui um ponto negativo para o diretor James Gunn (do mais recente Guardiões da Galáxia Vol. 2) pelo pouco aproveitamento, na trama, de Michael Rooker (Merle Dixon manda lembranças!), que faz apenas uma aparição esquecível.

Enfim, se você procura por um filme que te desafia mentalmente, mostrando uma verdadeira e chocante experiência psicológica, esqueça The Belko Experiment, ele é somente um entretenimento para uma tarde de domingo.  Nesse caso, recomendo o ótimo “O Experimento de Aprisionamento de Stanford (2015)”, baseado numa estória real e que comprova que a velha máxima - “Dê poder a alguém e verás quem ele é realmente” - é verdadeira. 



The Belko Experiment (Idem, EUA, 2016). Elenco: John Gallagher Jr., Tony Goldwyn, Michael Rooker. Direção: James Gunn. 



Nota – 6,5 Frames

Pontuação
01 a 02 Frames – Ruim

03 a 04 Frames – Regular
05 a 06 Frames – Bom
07 a 08 Frames – Ótimo
09 a 10 Frames - Obra Prima






TRAILER LEGENDADO


Nenhum comentário: