sexta-feira, 9 de abril de 2010

FRAMES-CRÍTICA: Se Beber, Não Case - Comédia sem exageros


 Fábio Pereira

Depois de inúmeras tentativas de repetir ou chegar próximo ao sucesso do clássico “A Última Festa de Solteiro”, eis que surge essa comédia maravilhosa. Não que a história seja a mesma do filme estrelado por Tom Hanks, mas o humor de “Se Beber, Não Case” não é forçado, e isso importa muito.
Doug Billings (Justin Bartha) está prestes a se casar. Stu Price (Ed Helms), um dentista que planeja pedir a namorada dominadora em casamento, Phil Wenneck (Bradley Cooper), um professor colegial “espertinho”, e Alan Garner (Zach Galifianakis), seu futuro cunhado, são seus melhores amigos. O trio organiza uma festa de despedida de solteiro para Doug, levando-o para Las Vegas. Após uma noite de farra, os três acordam e não se lembram de nada do ocorrido e o pior: Doug sumiu. Os amigos começam uma busca por pistas para descobrir o paradeiro do amigo que vai se casar em poucas horas e se metem em muitas confusões.
Com participações do ex-lutador Mike Tyson (interpretando a si mesmo) e Heather Graham (a Stripper com que Stu acidentalmente se casa), “Se Beber, não Case” é uma comédia sem “gags” excessivas e momentos muitos engraçados, sendo que alguns dos melhores são protagonizados por Zach Galifianakis.
Uma dica: para saber o que realmente aconteceu na noitada dos amigos, veja as fotos que aparecem nos créditos finais.

Se Beber, Não Case (The Hangover, EUA, 2009). Elenco: Ed Helms e Heather Graham. Direção: Todd Phillips.

Nota/Fábio Pereira – 6,5 Frames

Pontuação
01 a 02 Frames – Ruim
03 a 04 Frames – Regular
05 a 06 Frames – Bom
07 a 08 Frames - Ótimo
09 a 10 Frames - Obra Prima


TRAILER-TEASER LEGENDADO

Nenhum comentário: