sábado, 20 de fevereiro de 2010

FRAMES-CRÍTICA: A Mulher Invisível - Um “pequeno problema” não atrapalha o amor


 Fábio Pereira

Fazia tempo que não assistia a um filme nacional tão bom. “A Mulher Invisível”, estrelado por Selton Mello e Luana Piovani têm um que de produção independente gringa que chama a atenção e faz querer saber mais sobre a comédia romântica, mesmo para quem já conhece a sinopse.
A história envolve Pedro (Selton Mello), que após uma desilusão amorosa, fica recluso em seu apartamento, se afastando de todos e se tornando depressivo. Até que Amanda (Luana Piovani) bate à sua porta pedindo açúcar. Ele se apaixona à primeira vista e começa a ter um relacionamento de grandes proporções com ela, só que um “pequeno problema” está entre eles: Amanda não existe.
Com uma química excelente entre Selton e Luana e as participações de Wladimir Brichta – interpretando o melhor amigo de Pedro – e Maria Manoella – a vizinha apaixonada por Pedro e que não tem coragem de se declarar – “A Mulher Invisível” se mostra uma diversão sem igual, mesmo com o tema principal tratando da solidão.
Em uma das cenas mais engraçadas do filme, Marcelo Adnet – Apresentador do “15 Minutos e Furfles” da MTV - tenta entender porque Pedro dá dois ingressos pra entrar no cinema, sendo que está sozinho.


A Mulher Invisível (Brasil, 2009). Elenco: Selton Mello, Luana Piovani, Fernanda Torres. Direção: Cláudio Torres.

Nota/Fábio Pereira – 8 Frames

Pontuação
01 a 02 Frames – Ruim
03 a 04 Frames – Regular
05 a 06 Frames – Bom
07 a 08 Frames - Ótimo
09 a 10 Frames - Obra Prima


Nenhum comentário: